Release

​"Animais Noturnos "

 

 

A noite transfigura tudo. As luzes artificiais vestem a cidade com trajes de cores, criam uma energia nova que altera tudo e todos. As pessoas se libertam, os olhares se soltam, do mistério da escuridão nasce mais sensualidade, mais ousadia”.


Para celebrar a noite, Rog Vasques, o designer da Maison Revolta, escolheu matérias primas e cores que brincam com as luzes elétricas. Nelas, o couro, como sempre carro chefe da coleção, se transforma em um espelho iridescente. “Para reforçar esse efeito, as cores do couro são neutras: preto, branco e um rosa pele... Quem decide a cor, é a mulher que veste, em função do lugar que ela escolhe: a luz intimista, dourada de um bar; os gritos frenéticos dos neons”.

 

Para dialogar com o couro, o brilho do lurex preto, dourado, e do jeans engomado também de cor neutra.

 

Os vestidos desenham as curvas, surpreendem com uma fenda redonda, um decote geométrico, transparências. As saias incitam o desejo com comprimento mini ou fendas altas, intrigam com uma abertura envelope. Calça jogging e jaqueta biker compõem um look perfeito para brilhar nos clubes mais fechados do planeta.

 

Pela primeira vez, a Maison Revolta propõe bijoux na coleção. Bijoux de couro - “toujours” – prata, que também reflete no pescoço as luzes da noite.

 

Para a campanha, me inspirei do filme “Animais Noturnos” do Tom Ford. A beleza da sua protagonista, Amy Adams, é perfeita, sofisticada, seu estilo apurado, geométrico. Mas a verdadeira heroína do filme é a noite, que envelopa tudo, fica onipresente e transforma os personagens. Quis traduzir esse diálogo entre elas no centro de São Paulo, entre prédios sublimados pela luz pink”.

 

Desse dialogo nasce uma nova faceta da mulher Revolta. Incandescente.   

 

 

 

Foto: Jr Franch

Modelo: Manoella Schalanski, Joy Model

Estilo: Maison Revolta 

Sapato: Fernando Pires